Perguntas Frequentes Técnicos IRATA

​Aqui pode encontrar resposta às perguntas mais frequentes acerca de tudo o que é relacionado com Técnicos, incluindo quem pode assinar o seu Logbook IRATA, como se pode candidatar a Instrutor IRATA qualificado e como pode pedir que os seus documentos sejam substituídos.

  • Os Candidatos devem ter pelo menos 18 anos de idade no início do curso.
  • Os Candidatos devem ter aptidão física e não serem afetados por qualquer incapacidade ou condição médica que os possa prevenir de trabalhar de forma segura. Devem assegurar-se de que estão em condição física adequada, são aptos fisicamente para realizar as tarefas em termos de força, agilidade e coordenação, e que são capazes de suportar as dificuldades do local de trabalho, como calor, frio e outras condições adversas.
  • Os Candidatos têm de apresentar comprovativo em como não têm qualquer incapacidade ou contraindicações que os possa prevenir de trabalharem de forma segura.
  • Se o Candidato sofrer de uma contraindicação, deve obter um Atestado Médico antes de inicia atividades em acesso por corda.
  • Os Candidatos devem considerar a sua experiência cautelosamente antes de tentarem progredir para um nível superior. Os candidatos sem a competência adequada, e treino antes da avaliação próprio e conhecimento da matéria não vão de encontro aos requerimentos.

Os Candidatos que tenham bastante experiência em trabalho de acesso por corda fora do Sistema IRATA Internacional, podem ser elegíveis para entrada direta ou acelerada. As Candidaturas devem seguir os critérios descritos em Procedimentos IRATA para Registo e Entrada Direta.

Os documentos são recebidos cerca de 60 dias após a data da avaliação. Caso ainda não tiver recebido os seus documentos durante este período por favor contate registration@irata.org.

As avaliações IRATA levam cerca de 60 dias a ser processadas.

A IRATA irá pedir-lhe documentos que comprovem que houve uma mudança na sua informação pessoal. Por favor contate a nossa Equipa do Departamento de Registos que o poderá ajudar. Pode contatar-nos através do email registration@irata.org ou pelo telefone +44 (indicativo do Reino Unido para chamadas internacionais) 01233 754 600.

Por favor contate a sua Empresa de Treino para saber mais acerca dos preços. O nosso mapa interativo pode ser consultado aqui.

Quando um Técnico de acesso por corda perde o seu Logbook, este deve substituí-lo de imediato, e quando possível, deve procurar obter referências que verifiquem essas horas perdidas. Horas de trabalho que não possam ser confirmadas, não poderão contar para avaliação.

A nova avaliação deverá acontecer dentro de 60 dias após a primeira avaliação, caso isto não acontecer, os candidatos terão que repetir o treino por completo.

Se o seu Certificado expirar antes da revalidação, isto pode afetar a sua elegibilidade para re-certificar ou passar de nível. Para mais informação, por favor consulte o Procedimentos de Registo e Entrada Direta.

Os Técnicos não podem praticar atividades de acesso por corda de acordo com o sistema IRATA sem a presença de um Certificado válido.

Para se tornar num Instrutor Estagiário, deverá ser pelo menos um Técnico Nível 2. Os Técnicos de acesso por corda elegíveis devem candidatar-se usando o “Formulário de Candidatura para Registo como Instrutor Estagiário IRATA” (Application for Registration as an IRATA Trainee Instructor) e enviá-lo para registration@irata.org. Quando a sua candidatura foi aceite, iremos enviar-lhe um Logbook de Instrutor Estagiário com um número exclusivo. Para mais informação, por favor consulte TACS: Secção 8.

Para se tornar um Instrutor IRATA, deve seguir todos os critérios do documento TACS 8.4.1(abaixo):

8.4.1 Os Instrutores Estagiários têm de respeitar vários critérios antes de se poderem candidatar a Instrutores:

  1. Terem um certificado IRATA Nível 3 válido;
  2. Terem um Certificado de Primeiros Socorros válido;
  3. Ter comprovativo de que completou com sucesso todos os módulos do documento TACS;
  4. Ter pelo menos 400 horas registadas no Logbook, como Instrutor de cursos IRATA;
  5. Treinar com sucesso (passar na avaliação) pelo menos 30 candidatos incluindo pelo menos 6 candidatos a cada nível IRATA;
  6. Manter uma percentagem de sucesso na conclusão do curso, de pelo menos 60% dos candidatos;
  7. Completar pelo menos um workshop de Instrutor/ Examinador por ano.

Os Candidatos terão ainda que passar num exam online para se poderem tornar Instrutores. Para mais detalhes acerca deste procedimento, por favor veja a nossa secção “Como se tornar um Instrutor IRATA”.

Por favor contate registration@irata.org e explique qual a informação incorreta nos seus documentos para que alguém da nossa equipa o possa ajudar.

O logotipo da IRATA é uma marca registada e o seu uso é limitado às Empresas Membro IRATA e não para uso individual dos Técnicos.

Por favor clique aqui para aceder a informação acerca des cartões CSCS. Pode ainda pedir informação diretamente da entidade CSCS, veja os contatos abaixo:

CSCS website e telefone – +44 (indicativo do Reino Unido) 0344 994 4777. Linha aberta de Segunda a Sexta Feira, das 8:00h às 18:00h.

Os técnicos de acesso por corda devem trabalhar em equipas nunca com menos de 2 pessoas, uma delas sendo o Supervisor Nível 3. Trabalhar sozinho não é permitido.

Apenas técnicos de Nível 3 podem ser Supervisores de Segurança em acesso por corda.

Os Supervisores de Segurança em acesso por corda devem ser:

  1. Competentes em atividades de supervisão;
  2. Competentes em técnicas de acesso por corda adequadas ao local específico de trabalho e devem compreender os limites dessas técnicas;
  3. Responsáveis pela identificação de perigos e avaliação de riscos em atividades relacionadas com acesso por corda;
  4. Competentes em técnicas de resgate e salvamento adequadas para cada local de trabalho e devem ser capazes de organizar e colocar em prática o resgate e salvamento de um colega adequado para esse mesmo local.

Se os técnicos de acesso por corda não trabalharem neste sistema regularmente, têm que passar por uma reavaliação das suas competências antes de começarem a trabalhar novamente. Pode ser necessário treino de reavaliação em técnicas específicas e a quantidade de supervisão operacional após o treino pode ter que ser ajustado, dependendo do resultado da avaliação de riscos.

Caso os técnicos de acesso por corda não utilizarem esta técnica de acesso durante um período superior a seis meses, é necessário passarem por treino de reavaliação. Este treino deve ser adequado a cada indivíduo e deve ser registado no seu Logbook.

Treino de Reavaliação:

  1. deve ser conduzido por um Técnico Nível 3 IRATA Internacional;
  2. não deve acontecer durante as horas e atividades profissionais;
  3. pode resultar na necessidade de passar pelo treino completo novamente.

Os registos no Logbook devem ser assinados pelo Técnico Nível 3 que se encontra a supervisionar as operações. Por baixo da assinatura do Supervisor, todas as entradas registadas no Logbook devem também ser assinadas pelo Técnico Nível 3 de supervisão, que deve escrever o seu nome (em letras legíveis e maiúsculas), assinar e colocar o seu número único de Técnico IRATA Internacional.

Os Técnicos que nem sempre consigam obter assinaturas de um Técnico Nível 3 IRATA, devem ter os seus registos assinados pela pessoa com autoridade para verificar a validar as horas de experiência a trabalhar no sistema de duas cordas. A pessoa que aprova estas horas deve escrever o seu nome, a sua posição na empresa e o número de telefone de contato.

O seu Certificado de Primeiros Socorros deve ser atual e válido de forma a abranger todos os deveres operacionais como definido pela entidade empregadora e deve estar de acordo com requerimentos legais regionais e nacionais. Contate a sua RAC local para mais informação.

Os Técnicos são elegíveis para passar de nível um ano e um dia a contar da data do primeiro exame. Exemplo – Após exame de avaliação de Nível 1 dia 1 de Abril de 2017, a data de avaliação mais próxima será dia 2 de Abril de 2018.

Não devem passar mais de 60 dias entre o treino e o exame de avaliação. O comprovativo de treino deve ser entregue à empresa de treino antes da avaliação.